sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

De olho em Copenhagen


Daqui a alguns dias haverá a 15ª Conferência das Partes da Convenção do Clima, que acontece de 7 a 18 de dezembro na cidade de Copenhagen; um encontro de 192 países com o intuito de apresentarem intenções de diminuição da emissão de gases que provocam o efeito estufa.
Tenho lido algumas coisas a respeito, desde "apaixonadas" defesas para que esse encontro realmente seja marcante e que medidas sérias sejam tomadas, até declarações de que o denominado efeito estufa é apenas um ciclo solar fraco, e que a temperatura da Terra continuará esfriando (é fato que a temperatura da Terra esfriou). Também está estampado em todos os jornais que os EUA e a China são os maiores emissores de gases prejudiciais à camada de ozônio. A coisa mais polêmica que li a esse respeito se encontra no site "mandabala" (link anexo - basta clicar no título desta postagem). O texto que lá encontrei dizia: "O acordo de Copenhagen vai basicamente acabar com a soberania dos países. Nós também estamos nessa, cortando 20% das emissões de CO2 e acabando com nossa economia, bem agora que teremos petróleo. Os globalistas e os bancos vão se encher de dinheiro com o imposto do carbono.
Eles precisam agir rápido, porque ficou claro que o Al Gore mentiu e o homem não causa aquecimento nenhum. Este ciclo solar é fraco e vai esfriar mais."
Uau! Que declaração mais "quente"!
No citado link também pode ser visto um vídeo do Lorde Christopher Monckton, que é ex-acessor de Margaret Thatcher e especialista em mudança climática. Em sua palestra ele atesta o que foi mencionado no parágrafo transcrito acima. Desculpem-me pelo fato do vídeo estar em inglês, sem legendas.
Interessante... O que você acha? Apenas outra "teoria de conspiração" maluca ou sente que há ao menos um pingo de verdade nisso?
Você acha que quase sempre há "agendas secretas" por trás de eventos desse porte?
Mas pelo visto para nós, simples mortais, só o tempo dirá quem estava mesmo certo - os ambientalistas ou o Lorde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário